Como Investir em Bitcoin em 4 Passos Simples – Parte 2

ATENÇÃO: Este artigo é uma continuação.

Se você ainda não leu a primeira parte, leia aqui.

 

 

Como investir em Bitcoin – 2º Passo: Como comprar Bitcoin

 

Para você ter a posse de um Bitcoin, existem 3 formas básicas:

1 – Comprando: Você pode comprar Bitcoin direto de uma corretora, no Brasil ou no Exterior ou através de P2P, que é um tipo de transação direta entre os usuários.

No Brasil existem diversas corretoras, mas quase todas elas tem baixo volume de transações, comparado às corretoras do exterior.

Independente da corretora que você escolher comprar, faça uma análise minuciosa sobre esta empresa. Histórico de transações, reclamações, taxas cobradas, etc.

As taxas que uma corretora cobra é muito importante no peso da decisão, pois elas variam muito de uma para outra.

2 – Minerando: Todas as transações feitas envolvendo Bitcoin são sempre validadas na rede Blockchain e quem faz isto na prática são os mineradores, responsáveis por dar credibilidade e segurança à rede.

Como o Bitcoin é uma moeda com muitos usuários e com bom tempo de mercado, ela cresceu muito e hoje para minerar Bitcoin você precisa de um poder computacional muito grande, chamado de Hash.

Mas também existem várias outras moedas para minerar, além do Bitcoin, e que podem ser mais rentáveis, uma vez que o investimento em equipamento é muito menor.

De qualquer forma, existem equipamentos de mineração bem específicos para cada criptomoeda e de acordo com o seu bolso também.

3 – Recebendo pagamentos em Bitcoin: você pode vender qualquer produto e serviço e receber pagamentos em Bitcoin e ir acumulando. Esta é uma forma muito boa e é assim mesmo que o Bitcoin vai crescer cada vez mais. Quanto mais usuários aderirem as transações diárias em Bitcoin, mais a criptomoeda cresce, agregando valor a todos os usuários.

 

Como investir em Bitcoin – 3º Passo: Defina sua estratégia

 

Depois de você criar a sua carteira e comprar seus primeiros Bitcoins, á hora de você difinir qual estratégia usar.

Para isto você precisa ter em mente qual a sua expectativa de prazo de retorno.

Você está investindo para curto ou longo prazo?

A estratégia mais segura para você investir em Bitcoin é para longo prazo.

Neste caso, basta você comprar seus Bitcoin e ir armazenando eles na sua carteira.

Esta estratégia se chama Hold, do inglês “Segurar” e nada mais é do que ir acumulando Bitcoins ao longo do tempo, como se fosse uma poupança.

Mas tenha cuidado aonde vai armazenar sua carteira. Se for fazer Hold, nada de deixar seus Bitcoins em corretoras, prefira ter sua própria carteira.

Já se você for investir para curto prazo, pode optar por fazer trading, operação de compra e venda.

Pode fazer Day Trade, operação mais curta, que dura 1 dia, operando todos os dias, ou optar por fazer Swing Trade, operações com tempo maior, que duram mais dias ou até semanas.

Existe ainda operações de Trade Position, nas quais o trade voi tomando posição aos poucos em determindado ativo, até ele atingir uma certo valor. Esta operação é de um prazo maior, mas é um intermediário entre Hold e Swing Trade, só que focado no valor do ativo e não no tempo como no caso de um Hold.

Para fazer estas operações, você vai precisar do último passo…

 

4º Passo: Estude muito o mercado financeiro

 

Agora que você já tem seus Bitcoins e sabe qual o prazo vai querer no jogo, falta a última etapa, a mais complexa de todas: Estudar.

 

Existem muitos cursos no mercado financeiro, sobretudo focados em criptomoedas. Só que cursos bons requerem um bom investimento, de tempo e financeiro. Afinal você vai precisar se dedicar para aprender a operar, não basta só comprar os Bitcoins.

Mesmo que você opte por fazer Hold, ainda assim você precisa conhecer o mercado para saber o momento certo de entrar nele, os melhores pontos de compra do momento.

Este é um mercado muito novo, e só agora os grandes investidores estão olhando com mais atenção para ele.

Os investidores institucionais estão investindo mais pesado a cada dia, porque as oportunidades que este mercado oferece, nenhum outro chega perto da exponencialidade dele.

Por isto você precisa estar constantemente atualizado com o mercado, precisa respirar e entender sobre gráficos e fundamentos do Bitcoin e também de outras criptomoedas, afinal não é só o Bitcoin que existe.

Hoje existem mais de 10 mil criptomoedas no mercado e muitas delas tem potencial de retorno de investimento maiores do que o próprio Bitcoin.

O Bitcoin é a criptomoeda mais famosa, a primeira a existir, a que criou tudo que existe hoje em termos de rede, a mãe de todas as criptos. Tanto que existe uma nomenclatura: Altcoins

Todas as moedas que não forem Bitcoin são Altcoins, inclusive o Ethereum, segunda maior moeda do mundo, mas isto é assunto para outro artigo.

Por hora você precisa saber que tem que estar preparado e investir em educação financeira e em conhecimento sobre como operar.

E é isto que vamos te passar dicas dos melhores cursos do mercado, para que você possa operar com mais confiança.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *