Como Investir na Bolsa com Pouco Dinheiro e em 5 Passos

Quando se fala em investir na Bolsa de Valores, logo se pensa que é preciso ter muito dinheiro, mas isto não é verdade, vamos te mostrar aqui como investir na Bolsa com pouco dinheiro.

A maioria das pessoas nunca começa a investir porque acha que precisa ter muito dinheiro para entrar no mercado financeiro.

Isso é um mito!

Posso te dizer que você pode começar a investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro sim, e vou te mostrar como neste artigo.

A verdade é que é muito simples começar investindo pouco dinheiro, mais do que você imagina.

Vamos falar aqui sobre como investir na Bolsa com pouco dinheiro.

Você vai ver que não precisa ter muito dinheiro para começar a investir e lucrar com ações na Bolsa de Valores e que isto não é  tão difícil assim, nem “coisa de gente rica”.

Atualmente é bem fácil ter acesso à Bolsa de Valores, com os Home Brokers, plataformas de negociação online que todas as corretoras oferecem hoje.

Qualquer pessoa que queira investir hoje pode ter acesso e ainda de acordo com o seu perfil de investidor.

Continue lendo este artigo que vamos te mostrar como investir na Bolsa com pouco dinheiro.

Você pode começar a investir na Bolsa de Valores com qualquer valor, não tem um valor mínimo.

Com apenas R$ 100,00 você pode comprar as suas primeiras ações, até menos se você quiser, mas aí também pode não compensar muito, dependendo da taxa de corretagem e de custódia que a corretora que você escolher operar cobrar.

Aliás temos outro artigo que listamos as 10 melhores corretoras para investir em ações, leia e escolha a sua.

Então se agora alguém te disser que você precisa ter muito dinheiro para investir na Bolsa de Valores, você sabe que é mentira. Não caia mais nessa!

De fato há muitas ações para você investir, basta que o investidor conheça a empresa e saiba o que está fazendo e aí começa outro problema: Educação Financeira.

Veja as vantagens de investir na Bolsa:

 

Você pode ter lucro maior do que se investir em renda fixa;
Alta liquidez (pode resgatar seu dinheiro a qualquer momento);
Você pode escolher o prazo que quer investir, se curto, médio ou longo prazo;
Você tem muitas opções diferentes para investir;
Você pode ser sócio de grandes empresas, líderes de mercado;
Receber renda de Juros sobre Capital Próprio (JCP) e dividendos.

Leve em conta que investimento em renda variável é mais arriscado.

É muito recomendado que você saiba o seu perfil de investidor antes de começar a operar, para evitar riscos desnecessários.

Analise que tipo de investidor você é e também qual o prazo você pretende operar: curto, médio ou longo prazo.

Investir na bolsa não é complicado, mas é imprescindível que você saiba o que está fazendo.

Lembre-se desta frase, muito válida para investimentos: “Arriscado é quando você não domina e não sabe o que está fazendo”.

 

Como investir na Bolsa com pouco dinheiro?

 

O primeiro passo é sempre mais difícil.

Talvez você pergunte: “O que fazer para começar a investir na Bolsa de Valores? ”

É simples, basta seguir estes  passos:

1. Abra sua conta na corretora

O primeiro passo é você analisar bem as corretoras para abrir sua conta em uma que você confie, que ofereça um bom suporte.

Leve em conta as taxas de corretagem, de custódia e até de abertura de conta.

Como você vai começar a investir na bolsa com pouco dinheiro, o que você vai pagar de taxas pode consumir toda sua lucratividade.

Atente bem a este detalhe.

Abrir a conta é o de menos, analisar bem e tomar uma decisão de escolha é que leva mais tempo.

 

2. Hora transferir seu dinheiro

Depois de abrir a conta, basta você transferir o dinheiro para começar a operar e fazer suas primeiras compras na Bolsa de Valores.

Com o sistema bancário atual, esta tranferência geralmente é muito rápida.

 

3. Acesse a plataforma da corretora

Todas as corretoras colocam plataformas online a disposição dos cliente para operarem na Bolsa de Valores.

Um “Home Broker” é a ferramenta que permite que você pesquise e encontre as ações de empresas e outros ativos negociados em bolsa.

Atente-se ao horário diário do pregão, das 10h as 17h, de segunda a sexta-feira.

 

4. Estude bastante sobre Educação Financeira

Nunca entre em nenhum investimento se você não entende bem sobre ele.

Não é porque a barreira de entrada no mercado da Bolsa de Valores hoje diminuiu bastante que você vai se aventurar de qualquer jeito.

Educação Financeira é o que você precisa estudar antes de começar, isto vai te ajudar a entender sobre outros mercados também, como os de Renda Fixa e os de Renda Variável que podem oferecer maior lucratividade, como Forex ou Criptomoedas.

Trace seus objetivos antes de começar a comprar, afinal para investir na Bolsa com pouco dinheiro você pode comprar ações fracionadas, investir em fundos de índice (ETFs) e outras opções que são muitas.

Você precisa conhecer elas para saber quais vão atender seus objetivos.

 

5. Comece a investir

 

Agora que você já estudou sobre o mercado financeiro, abriu a conta na sua corretora, transferiu dinheiro e acessou a plataforma, é hora de você começar a comprar dentro do seu orçamento estabelecido.

Acesse seu Home Broker, faça seus aportes e comece a montar sua carteira de investimentos na Bolsa de Valores.

Se ficar em dúvida sobre como utilizar a plataforma, contate a corretora que certamente vai te auxiliar e te dar o suporte necessário.

 

Onde investir na Bolsa de Valores

 

Está em dúvida sobre como investir na Bolsa com pouco dinheiro?

Estas são algumas possibilidades:

 

Ações

 

Comprar ações é o jeito mais conhecido de investir na Bolsa de Valores.

Você pode investir em lotes inteiros de ações ou em pequenas frações, de acordo com o seu capital.

As opções de ações são inúmeras, de todos os valores, para todos os bolsos, das mais diversas empresas.

Não esqueça da sua lição de casa: estudar também sobre os fundamentos da empresa que você vai comprar ações, afinal você será um sócio desta empresa e tem que entender bem sobre ela.

Nada mais justo.

 

Exchange Traded Funds (ETFs)

Os ETFs são fundos de índice que se baseiam em referências como o Ibovespa (IBOV).

Investir em ETF tem uma grande vantagem que permite que você diversifique seu investimento.

É um tipo de investimento em carteira que compõe ações de várias empresas, mas você não tem controle sobre quais empresas o fundo vai investir.

 

Fundos de ações

Os fundos de ações nada mais são do que vários investidores que se reúnem em grupos para comprar várias ações de empresas, montam um carteira diversificada e depois vendem cotas deste fundo a outros investidores.

A rentabilidade da carteira é dividida proporcionalmente ao percentual que você investiu sobre a totalidade de capital do fundo.

Geralmente estes fundos tem um valor mínimo de investimento, mas quase sempre bem acessível.

Outra vantagem é que o fundo é administrado por gestores profissionais, o que torna este investimento um pouco mais seguro.

Assim, você pode deixar a administração da sua carteira para quem entende, mas não se exima de sua responsabilidade de acompanhar seu investimento e de estudar constantemente sobre o mercado.

 

Leia Também

Como Comprar Ações Via Varejo em 3 Passos Simples

Melhor Corretora para Investir em Ações

Trade Bitcoin: O que é e Como Fazer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *