Valor Bitcoin em Dolar – O que Determina o seu Valor?

O Bitcoin tem recebido uma quantidade enorme de atenção recentemente, e muitos perguntam: Qual o valor Bitcoin em Dolar?

É uma das muitas moedas digitais existentes nos dias de hoje que age e funciona como dinheiro comum, mas existe inteiramente em forma eletrónica, assim como os dados dentro dos computadores.

E isso pode ser meio confuso, porque se não houver um Bitcoin físico real: Como ele pode ter valor?

Como você pode usar a moeda digital no mundo físico?

Bem, na verdade, a questão de como o Bitcoin tem algum valor não está tão distante da questão de como a maior parte do dinheiro do mundo real tem valor.

Primeiro, o Bitcoin não tem um valor intrínseco real, o que significa que ele tem pouco ou nenhum uso fora do seu contexto econômico.

Mas o mesmo pode ser dito para a maioria das moedas do mundo real: o dinheiro só tem valor porque o governo que o emite assim o diz.

Isso é chamado de “moeda fiduciária”, porque o seu valor não está vinculado a nenhuma mercadoria física e depende do apoio de um governo.

Mas, diferentemente da moeda fiduciária, o Bitcoin não possui uma autoridade emissora que lhe dê valor.

O Bitcoin é uma moeda descentralizada, o que significa que não há um órgão regulador que regule sua produção e as suas transações.

Ele não responde a nenhum governo ou organização, portanto, não há realmente uma razão para que ele tenha valor.

Mas ele tem – e muito – e tudo pode ser resumido em utilidade, escassez, oferta e demanda.

“Nós escolhemos colocar nosso dinheiro e fé num framework matemático que é livre de política e de erro humano” – Tyler Winklevoss

 

O Valor Bitcoin em Dolar está Relacionado com a sua Utilidade

 

Antes de discutirmos a utilidade do Bitcoin, primeiro você deve entender o básico de como ele funciona.

Você está conectado à comunidade de usuários de Bitcoin por meio de uma rede de computadores, e os livros que o Bitcoin usa são chamados de blockchain.

As transações são compiladas em blocos, que por sua vez são conectados de maneira semelhante a uma cadeia, daí o nome.

Os responsáveis pela contabilidade são chamados de mineradores, porque o que eles estão a fazer, basicamente, parece muito com os garimpeiros que trabalham duro para encontrar ouro.

Eles estão trabalhando pela recompensa na forma de Bitcoins, que, como o ouro, são limitados no suprimento.

Então agora você sabe como o Bitcoin funciona.

O que isso tem a ver com seu valor?

Tudo, na verdade.

O valor do Bitcoin está em sua utilidade, sua descentralização, segurança e facilidade de transação.

Primeiro, vamos analisar o sistema descentralizado do Bitcoin.

O Bitcoin foi projetado para que não haja necessidade de nenhuma autoridade governante a controlá-lo.

Opera através de uma rede ponto a ponto (peer to peer) onde todas as transações são registradas no Blockchain.

Basicamente significa que não está vinculado a nenhum governo de estado, tornando-a a única moeda que não tem fronteiras.

O que isso significa é que você pode realizar transações com pessoas de diferentes países facilmente, porque estão a usar a mesma moeda.

Em um nível mais profundo e muito mais complicado, a descentralização do sistema Bitcoin cria a possibilidade de transformar o setor financeiro.

O mercado financeiro sempre tem os seus métodos para simplificar as transações visando facilitar e tornar mais prático.

Existem cartões de crédito e débito, sistemas de transferência de dinheiro, transferências eletrônicas bancárias, etc.

Mas todos esses sistemas precisam ter um intermediário para funcionar, eles precisam de uma empresa ou autoridade para facilitar a troca.

E sempre que faz uma transação o que está a fazer é depositar a sua confiança no intermediário.

Daí então, eles receberão seu dinheiro.

Há também a questão das taxas de transação, que não são muitas, se consideradas por transação, mas que podem se acumular facilmente com o tempo.

O valor Bitcoin em Dolar está em que o Bitcoin elimina esta necessidade de terceiros.

Como mencionado acima, todas as transações na rede Bitcoin são registradas no blockchain pelos mineradores.

Embora a rede blockchain e os mineradores tenham a aparência de um corpo governante, no sentido de manter o controlo de todos os Bitcoins existentes, ela ainda é de domínio público e, portanto, não pode ser monopolizada.

Quer dizer que ninguém detém a rede, ela é totalmente pública e com isto os Bitcoins conseguem permanecer com suas trasações transparentes e neutras.

Mas, se não houver um órgão oficial a  atuar como regulador, em quem você pode confiar para garantir que as transações sejam realizadas?

A resposta é…ninguém.

Isso parece ruim, mas é realmente uma coisa boa.

O sistema Bitcoin foi projetado para operar sem a necessidade de confiança.

Entenda: não é simplesmente uma moeda digital, é uma Criptomoeda, o que significa que é fortemente baseada em técnicas de criptografia para mantê-la segura.

Em vez de operar com base na confiança do cliente, o Bitcoin opera usando matemática testada e comprovada.

Dessa forma, enganar a rede é impossível devido ao seu ambiente público.

Não apenas isso, mas o sistema é criptografado para que tentativas de cometer fraudes exigissem uma quantidade extremamente grande de poder de computação.

O que não é muito viável com o estado da tecnologia atual.

O mais viável seria usar esse poder computacional para extrair mais Bitcoins, atráves da mineração, o que desencoraja qualquer tentativa de fraude informática.

A blockchain do Bitcoin garante segurança e confiabilidade das transações, e também garante a privacidade dos usuários.

Diferente dos cartões de crédito, o número da sua conta não tem valor nas suas transações, que são verificadas usando uma chave pública e privada.

Veja como isto funciona: Uma vez que você coloque sua assinatura digital, que é sua chave privada, os usuários podem verificar a transação por meio da sua chave pública.

Estas chaves públicas são criptografadas para que só funcione caso você estiver usando a chave privada correta antes.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *